domingo, 26 de novembro de 2017

Hipopómatos na Lua - Livraria


Em pleno jardim da Biblioteca Municipal de Sintra, junto a um bosque encantado, com árvores vestidas de lãs e tecidos coloridos, surge-nos uma Casa de Chá e de Leitura que dá pelo nome de Hipopómatos na Lua. Uma casinha pequena de madeira forrada de livros e de objetos cuidadosamente colocados que nos fazem recordar tempos de infância e onde nos sentimos em casa. Há sempre bolinhos e scones apetitosos e chá para podermos degustar. E nos dias frios o crepitar de uma salamandra que ilumina e aquece o ambiente. Não sabemos onde parar o olhar, porque em tudo se reconhece um cuidado extremo nos pormenores e na atenção aos detalhes. Preciosos bonecos de papel, cordões coloridos, cadeiras forradas, almofadas coloridas, sapatinhas de menino...
Com um programa riquíssimo, este espaço é responsável pela dinamização de iniciativas diversas em torno dos livros e da leitura, fazendo parcerias com escritores, ilustradores e outros criativos que enchem de magia este espaço tão querido e mágico.
Uma casinha acolhedora e quentinha como são acolhedores e calorosos os abraços da Nazaré de Sousa que recebe cada visitante como se de um familiar se tratasse.
É sem dúvida um espaço artístico a valorizar e a apoiar, uma vez que se trata também da única livraria especializada em literatura infanto-juvenil no concelho de Sintra. Nazaré de Sousa é a responsável por este projeto e ao mesmo tempo uma entendida e conhecedora de livros infantis que se prontifica sempre em aconselhar, recomendar, partilhar livros e leituras. Aqui somos tratados pelo nome e sentimo-nos aconchegados. Saio de lá sempre com a ideia que aquele é um lugar mágico. Convido-vos a descobrirem este espaço encantado e encantador.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

ETERNA BIBLIOTECA 2017



 
A Câmara Municipal de Sintra e mais concretamente a Divisão de Educação, na pessoa da Drª Raquel Camacho, volta a promover, pelo décimo quinto ano consecutivo, a ETerna Biblioteca – Encontro de Professores e Educadores do Concelho de Sintra sobre Bibliotecas Escolares, que decorrerá nos dias 24 e 25 de Novembro de 2017, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.
A par de painéis, conferências, ateliês vários e inaugurações, acresce a esta edição a parceria estabelecida com o LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival, que permitiu contemplar sessões de cinema reservadas às escolas, bem como incluir no programa o Simpósio Internacional intitulado PODE A ARTE AINDA SER SUBVERSIVA?.
Com um programa inspirador, este é um momento de encontro de professores, educadores e profissionais vários, que  de alguma forma se cruzam com livros, bibliotecas e cultura. 
Os organizadores e promotores desta feliz iniciativa têm sabido ao longo dos anos produzir programas apelativos e interessantes e este ano não é exceção.
Estes encontros são sempre  momentos especiais,  para  os professores bibliotecários em geral e, em particular, para os do Concelho de Sintra uma vez que propiciam a promoção de atividades de leitura e de diferentes literacias desenvolvidas em escolas e noutros organismos, estabelecem ligações com vários parceiros que tornam este encontro um espaço privilegiado de aprendizagem e  partilhas enriquecedoras e inspiradoras.  Um evento que se foi afirmando ao longo dos anos como um importante espaço de reflexão muito rico e estimulante. Muitos parabéns Drª Raquel Camacho.
Programa AQUI

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA 2017

Foi anunciada dia 20 de novembro a abertura da 12ª Edição do Concurso Nacional de Leitura pelo Plano Nacional de leitura 2027.

É reafirmada a intenção de alcançar resultados específicos de promoção da leitura e da escrita junto da população escolar, alargando, na atual edição, o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário. Assim, o CNL 12ª Edição  é  dirigido aos alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e aos alunos do Ensino Secundário.
  
A esta iniciativa, associam-se, tal como em edições anteriores, a Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), a Rede das Bibliotecas Escolares (RBE), o Camões IP, a Direção de Serviços de Ensino e Escolas Portuguesas no Estrangeiro (DSEEPE) e a RTP.
Mais informações AQUI

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

SEMANA DA ALIMENTAÇÃO


O Dia Mundial da Alimentação é celebrado, desde 1945, a 16 de outubro, data da criação da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura). O objetivo é alertar para a fome, a desnutrição, a pobreza que ainda existe em muitas partes do mundo e, em especial, ajudar os países em desenvolvimento a obter os recursos económicos e técnicos necessários para conseguirem produzir a sua comida.
O tema deste ano é:
MUDAR O FUTURO DA MIGRAÇÃO. INVESTIR NA SEGURANÇA ALIMENTAR E NO DESENVOLVIMENTO RURAL.

MIGRAÇÕES
Grandes grupos de pessoas e famílias partem das suas terras, umas em busca de proteção, outras de melhores condições de vida. O aumento de conflitos, a instabilidade política, a fome, a pobreza e as mudanças climáticas contribuem para as migração.
Nos países que as recebem, a partilha de espaços e outros recursos podem criar problemas ou tensões, como temos assistido nos últimos anos.
As migrações são um grande desafio de hoje. 

FOME E POBREZA
Sabemos que existem 2,1 mil milhões de pessoas pobres e que, dos 800 milhões que passam fome, a grande maioria vive em áreas rurais.
Muitas delas mudam-se para as grandes cidades em busca de emprego e melhores condições. Os que permanecem nas suas terras, sobrevivem com muita dificuldade, essencialmente no acesso a dinheiro para investir nas suas culturas.
Durante a Cimeira das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável 2015 em Nova Iorque, 193 países comprometeram-se a acabar com a pobreza e a fome, a proteger o planeta e a assegurar a prosperidade para todos - FOME  ZERO em 2013.
Todos os dias deitamos fora imensa comida que poderia ser aproveitada.
Sabias que um terço da comida produzida no mundo é desperdiçada?

Folheto a trabalhar com os alunos

Livros para ler e ouvir
Clica para ouvires a história

 Se quiseres treinar os teus conhecimentos clica AQUI

domingo, 12 de novembro de 2017

PEQUENO-ALMOÇO E SUCESSO ESCOLAR


Sessão para pais e encarregados de educação
Sabe-se que a refeição do pequeno-almoço tem uma importância vital para o rendimento escolar e saúde dos jovens.
Estudos indicam que 30% dos adolescentes não têm o hábito de tomar o pequeno-almoço regularmente e cerca de 10% dos jovens salta esta refeição.
Os alunos que não tomam o pequeno-almoço completo e equilibrado ou estão insuficientemente alimentados pela manhã, apresentam um pior rendimento físico, seguido de um pior rendimento intelectual e uma capacidade de atenção e concentração inferiores. Quando submetidos a testes apresentaram um maior número de erros, capacidade de discriminação mais lenta e maiores dificuldades de memória.
Irão ser estes alguns dos tópicos que a Senhora Enfermeira Lurdes Veigas abordará na palestra direcionada para pais e encarregados de educação.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

SEMANA DO BEM-ESTAR de 13 a 17 de novembro


Na próxima semana, de 13 a 17 de novembro, irá decorrer a SEMANA DO BEM-ESTAR no Agrupamento de Escolas Ruy Belo. As atividades serão variadas e centram-se em diversas áreas: a da saúde, com sessões de sensibilização para alunos e encarregados de educação, sobre a importância de uma Alimentação Saudável e particularmente do Pequeno-Almoço, para o sucesso escolar dos alunos, e ainda palestras sobre a Diabetes, no âmbito do Dia Mundial da Diabetes, que se celebra a 14 de novembro. Haverá exposições de trabalhos dos alunos do 6ºano, uma roda de alimentos ao vivo, folhetos informativos, filmes e jogos, entre outras dinâmicas.

 Na área da condição física será organizado um CORTA-MATO, no dia 14, com a participação dos alunos da escola sede e alunos do 4ºano, e nos dias 16 e 17 teremos o Magusto do São Martinho, como uma forma de relembrar e cultivar antigas tradições. Teremos connosco, nesta comemoração, alunos, professores e educadores das escolas do primeiro ciclo, o que nos enche de satisfação.

Irá decorrer ainda o concurso de Literacia 3D da Porto Editora, e as sessões do Projeto de Leitura do agrupamento, que conta com o apoio da Câmara de Sintra.


A organização destas dinâmicas está a cargo: da equipa do PAA, (coordenada pela Professora Carla Vaqueiro), do Departamento de Expressões, dos Grupos disciplinares de Educação Física e Ciências do 2ºciclo, do PES, da Biblioteca, do Centro de Saúde - UCC Abraçar Queluz, da Direção, das Escolas do 1ºCiclo e Pré-escolar, do Clube Motar do Monte Abraão e da Criagente. Convidamos todos os pais e encarregados de educação, professores, educadores, assistentes operacionais e técnicos a participarem nesta Semana do Bem-Estar.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

TOP LEITOR+ OUTUBRO


As bibliotecas do agrupamento, em articulação com os seus docentes e os órgãos de gestão, têm desde sempre procurado desenvolver atividades que posicionam o livro no quotidiano dos alunos, implementando projetos que promovam hábitos regulares de contato com o livro e a leitura. Neste sentido, as bibliotecas e os docentes do agrupamento apostaram no ano passado num Projeto de Leitura, intitulado “LER PARA DESCODIFICAR O MUNDO”, projeto de intervenção na área da literacia da leitura e do livro que contempla atividades de leitura regular.
Pretende-se unir esforços, num trabalho colaborativo, mobilizando as bibliotecas, os docentes, os órgãos de gestão da escola, as famílias, a Câmara Municipal de Sintra e a Junta de Freguesia num trabalho continuado de promoção da leitura com vista ao desenvolvimento do prazer de ler e de competências de leitura.
Estamos a desenvolver o projeto integrado no Concurso de Projetos de Excelência do Concelho de Sintra que se enquadra na Medida 4 do PAQUE (Programa de Apoio à Qualidades nas Escolas).
Encontramo-nos no segundo ano da sua implementação e podemos verificar que os resultados obtidos no número de requisições para domicílio aumentaram consideravelmente no ano anterior. O trabalho desenvolvido favoreceu a articulação entre sala de aula e a BE, ligando o trabalho da biblioteca ao currículo e às metas curriculares. Podemos concluir que as atividades do projeto, em articulação com os docentes tiveram impacto nas práticas de leitura dos alunos, pelo que consideramos que este tipo de projetos encerra potencialidades relevantes para criar/reforçar o gosto e os hábitos de leitura, o que será particularmente importante em contextos socioculturais desfavorecidos.
Iremos dar conta do desenvolvimento deste projeto ao longo ano letivo.

 Temos  o prazer de divulgar a lista dos "Top Leitores" relativa ao mês de outubro.
Parabéns a todos!

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

CONTO DO DIA 26 DE OUTUBRO

Ah, pudesse eu voltar à minha infância!... Minha velha Aia! Conta-me essa história que principiava, tenho-a na memória, «Era uma vez...» Alfredo Nobre

No dia 23 de outubro comemorou-se o dia internacional das bibliotecas escolares. Ao longo desta semana iremos propor a atividade 5 DIAS, 5 CONTOS, 5 FILMES, à semelhança do que fizemos em anos anteriores. Queremos celebrar a diversidade dos povos e das culturas tendo como base o tema internacional deste mês de outubro que é : "Ligando comunidades e Culturas". Sabendo que a nossa escola acolhe todos os anos alunos de paises diversos quisemos partilhar algumas dessas histórias e contos de tradição popular. Pareceu-nos ser uma forma de contribuir para valorizar e manter vivo o património oral e cultural da humanidade. Disponibilizamos o segundo conto que escolhemos, um conto tradicional de Portugal.
 
CONTO TRADICIONAL DE MOÇAMBIQUE: AS MAIS BELAS MENINAS DO NIASSA

Era uma vez três amigos, Tshipampa, Mbua e Vumbama, que viviam na aldeia de Tshimpindi. Eram jovens, muito fortes e trabalhadores. Mas como na sua terra não existiam jovens em idade de casar, eles resolveram ir a uma buala (comunidade) distante à procura de noivas.
Passaram rios e florestas, enfrentaram mil perigos e um dia chegaram à aldeia onde habitavam as mais belas meninas do Niassa (província de Moçambique). Foram ter com o rei e explicaram que eram fortes e trabalhadores, que queriam casar, mas não tinham posses para pagar o noivado. Para compensar o soberano, ficariam a trabalhar nas suas terras o tempo que fosse necessário.
O rei disse aos três amigos que nos seus domínios os homens que queriam casar apenas tinham que cumprir as condições que ele impunha. Continuar a ler AQUI


 

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

CONTO DO DIA 25 DE OUTUBRO - HISTÓRIA DO JOÃO GRILO


Ah, pudesse eu voltar à minha infância!... Minha velha Aia! Conta-me essa história que principiava, tenho-a na memória, «Era uma vez...» Alfredo Nobre

No dia 23 de outubro comemorou-se o dia internacional das bibliotecas escolares. Ao longo desta semana iremos propor a atividade 5 DIAS, 5 CONTOS, 5 FILMES, à semelhança do que fizemos em anos anteriores. Queremos celebrar a diversidade dos povos e das culturas tendo como base o tema internacional deste mês de outubro que é : "Ligando comunidades e Culturas". Sabendo que a nossa escola acolhe todos os anos alunos de paises diversos quisemos partilhar algumas dessas histórias e contos de tradição popular. Pareceu-nos ser uma forma de contribuir para valorizar e manter vivo o património oral e cultural da humanidade. Disponibilizamos o segundo conto que escolhemos, um conto tradicional de Portugal.
CONTO DE DIA 25 DE OUTUBRO
CONTO TRADICIONAL DE PORTUGAL: HISTÓRIA DE JOÃO GRILO
Havia um rapaz chamado João Grilo, que era muito pobrezinho. Os pais queriam a todo o custo casá-lo rico, apesar da sua pobreza e falta de estudos.
Um dia, espalhou-se por toda a terra que tinham desaparecido as joias de uma princesa e que o rei seu pai daria a mão da princesa a quem descobrisse o autor do roubo; mas também castigaria com a morte todo aquele que se fosse apresentar e que no fim de três dias não descobrisse o ladrão.
Começaram os pais de João Grilo a meter-lhe na cabeça que fosse tentar fortuna, mas o rapaz não queria, pois sabia que alguns tinham sido mortos por não descobrirem as joias. Enfim, tanto o atentaram que o João Grilo se foi apresentar ao rei. Continuar a ler AQUI


Para ficares a conhecer um pouco mais Portugal visualiza este documentário.

domingo, 22 de outubro de 2017

CONTO DO DIA 24 DE OUTUBRO - A MENINA DOS BRINCOS DE OURO


No dia 23 de outubro comemorou-se o dia internacional das bibliotecas escolares. Ao longo desta semana iremos propor a atividade 5 DIAS, 5 CONTOS, 5 FILMES, à semelhança do que fizemos em anos anteriores. Queremos celebrar a diversidade dos povos e das culturas tendo como base o tema internacional deste mês de outubro que é : "Ligando comunidades e Culturas". Sabendo que a nossa escola acolhe todos os anos alunos de paises diversos quisemos partilhar algumas dessas histórias e contos de tradição popular. Pareceu-nos ser uma forma de contribuir para valorizar e manter vivo o património oral e cultural da humanidade. Disponibilizamos o segundo conto que escolhemos, um conto tradicional do Brasil.

  CONTO DO DIA 24 DE OUTUBRO
CONTO TRADICIONAL DO BRASIL: A MENINA DOS BRINCOS DE OURO

Era uma vez uma menina muito bonita que vivia com a mãe numa casinha no meio do bosque. Um dia, a menina fez anos e a mãe ofereceu-lhe uns brincos de ouro.
-Guarda-os bem – recomendou-lhe a mãe. – Estão há muitos anos na família e têm passado sempre de mãe para filha.
A menina tinha o hábito de ir todos os dias à fonte buscar água e, como o tempo estava quente, aproveitava para tomar banho. Cautelosa, antes de entrar na água, tirava os brincos e pousava-os cuidadosamente numa pedra. Podes continuar a ler AQUI

















Para ficares a conhecer um pouco mais este país visualiza este documentário.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...